terça-feira, 16 de outubro de 2018

22. CONCEIÇÃO RUIVO




Conceição Ruivo - nasceu na Figueira da Foz em 1954.
Em Lisboa frequentou a Escola de Artes Decorativas António Arroio e a Escola Superior de Belas Artes. Teve durante 33 anos a profissão de professora de Artes no Ensino  Secundário.
Com mais de uma centena de exposições individuais realizadas, foi admitida em 1996 como sócia da Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa.
Fundadora de várias associações de Arte é desde 2010 Presidente da Associação da Amizade e das Artes Galego Portuguesa.
Está representada em coleções particulares no país e no estrangeiro com Pintura, Tapeçaria, Painéis de Azulejo e Cerâmicos e ainda em Placas toponímicas em Ruas; Em edifícios públicos, pracetas e em organismos oficiais: Presidência da República desde 1993;Primeiro Ministro em 2015, Câmaras Municipais, Escolas, Museus, Bibliotecas, Complexo Funerário da Figueira da Foz (10 obras), Centro de Saúde de Paião (3 obras), entre outros.
Criação de objetos utilitários e vestuário, com Design próprio, desde 1970. 
Publicidade painel gigante em pintura, na abertura do FOZ CENTER, Fig. Foz, em 1997.
Criação do Logótipo da Unidade da Saúde Familiar do Centro de Saúde da Guia - Pombal, em 2010.
Criação do Mural em azulejo na Rotunda do Paião/Santa Bárbara – Fig. Foz, em 2013.

Literatura: 
2013- Edição de um Livro retrospetivo dos  45 anos da sua carreira artística- “CR 45 anos em Arte”-  edição de autor.
2013 – “Laranjas do meu Quintal” - Um livro de memórias, uma adolescência vivida nos anos 60 no Alqueidão - Livro de Conceição Ruivo - Chiado Editora, Lisboa.
2015 – VI Antologia de Poesia Contemporânea –Chiado Editora –Lisboa. 

Prémios:
Em 1971 – Prémio Artes Plásticas – Exposição coletiva  inter – escolas em Aveiro.
Em 1999 - Prémio Fotografia  -  2º Prémio na categoria “ Natureza “ – concurso promovido pela Escola Secundária da Guia -  Pombal.
Em 2001 –  Prémio Fotografia -2º Prémio na categoria “Rostos e Pessoas” e Menção Honrosa na categoria “Tema Livre”–concurso promovido pela Casa do Povo de Alqueidão- Figueira Foz.
Em 2002 –    Prémio Fotografia – 1º Prémio na categoria “ A Matemática e a Natureza”- Escola Dr. Pedrosa Veríssimo – Paião.
Em 2002 -Troféu de Louvor pelo GIS-Grupo Instrução e Desport de Buarcos– Figueira da Foz.
Em 2002 -Troféu de Louvor pela Escola Prática do Serviço de Transportes da Figueira da Foz.
Em 2003 -Medalha de Louvor da Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação da Figueira da Foz.
Em 2011- Medalha comemorativa dos 83 anos da Freguesia de Alqueidão –Figueira da  Foz.
Em 2011 -    Medalha de Honra por Excelência do Regimento de Cavalaria 6 – Dragões d`Entre Douro e Minho – Braga.
Em 2012 -    Prémio Criatividade com a peça de instalação intitulada “Alteração temporal melódica” na galeria de arte contemporânea A Kunsthalle (Hall of Art, em Inglês, Mucsarnok em húngaro) em Budapeste - Hungria. 
Em 2014 –  Prémio máximo no Salão  do VI Intercâmbio Cultural Internacional de Artes – III Salão Premiado – na Casa do Paço na Figueira da Foz. Artcom Expo Internacional Association of Artists - Noruega.
Em 2014 –Homenageada com a Medalha de Mérito Cultural, pelos relevantes serviços prestados na Cultura- entregue pelo Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Dr. João Ataíde das Neves.
Em 2015 - Prémio Fotografia – Medalha de Menção Honrosa, na categoria “Tema Livre”– sob o título “Pescando na Foz do Mondego”, atribuído pela Artcom Expo Internacional Association of Artists – Noruega, no Salão Art-Shopping 2015, no Carrousel du Louvre - Paris.

Bibliografia: 2006 – Livro de Ouro I de Arte Contemporânea em Portugal – Infante do Carmo. 2007 “Arte no feminino - Quem é quem na Pintura  Portuguesa no séc. XXI” de Afonso Brandão . “ O Figurativo nas Artes Plásticas em Portugal  no séc. XXI “ – Produções Anifa Tajú – Lisboa . 2008 – Livro de Ouro II de Arte Contemporânea em Portugal – Infante do Carmo. Mitos da Arte , Antologia de Pintores Portugueses Contemporâneos – Chiado Editora – 1ª edição Julho de 2009. Artists Across Continents – Livro Internacional de Arte –Noruega, 2014.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ARTE NA RAIA II